Informativo da ABRH-Nacional no Estadão 17/05/2012

Informativo da ABRH-Nacional no Estadão 22/03/2012Perdeu o Estadão desta quinta-feira? Não se preocupe. Aqui está a versão digital do Informativo da ABRH-Nacional com as notícias da associação, as novidades a respeito do CONARH 2012, o maior evento de Recursos Humanos do país, que acontece em São Paulo entre os dias 13 e 16 e a divulgação dos vencedores do Prêmio Ser Humano organizado pela ABRH-MG. Leia mais.

Anúncios

À procura de emprego

Por Taynã Almeida

Alguns anos atrás, as pessoas batiam de porta em porta procurando emprego e entregando currículos em papel. Atualmente, algumas companhias disponibilizam em seus sites campos específicos para contratação. O candidato só precisa colocar as informações solicitadas. Entretanto, o currículo impresso ainda é aceito em muitas corporações. Pensando nisso, o blog da ABRH reuniu algumas dicas para ajudar você a montar um currículo atrativo.

De acordo com Cezar Antonio Tegon, membro do Comitê de Criação do CONARH, se o currículo for enviado à empresa por email ou papel, é preciso tomar cuidado com o tamanho. Para não errar, seja objetivo e sempre informe os dados pessoais, contatos, formação e histórico profissional. Não exagere  nem repita informações. Destaque apenas os cursos mais importantes e analise se está relacionado com a área de interesse. Se você fez intercâmbio ou alguma viagem, mencione somente se houver alguma conexão com seu aprimoramento profissional. Tem proficiência em algum idioma? Então não deixe de mencionar.

Contudo, não adianta se atentar a esses detalhes e esquecer a gramática. “Os erros de português causam impressão de formação deficiente e evidenciam falta de cuidado na elaboração do documento, passando uma imagem de desleixo”, alerta Tegon. A dica é fazer uma revisão rigorosa e, se preciso, pedir ajuda de alguém com mais conhecimento. Além disso, informações em excesso ou falta de informações, frases de efeitos ou exageradas e mentiras podem eliminar o candidato do processo seletivo.

Em contrapartida, as empresas que recebem currículos através de formulários vinculados ao site da companhia avaliam se todos os campos foram preenchidos corretamente. Porém, as dicas não fogem muito das que já foram apresentadas. Ter cautela, caprichar na redação e na escolha das palavras são diferenciais.

Se no momento da inscrição for exigido foto, coloque uma que mostre bem o rosto, com expressão aberta e positiva, mas sem exageros. Para mulheres, o ideal é usar uma foto sóbria, sem exposição desnecessária do corpo. Para Cezar, o currículo espelha a trajetória profissional e acadêmica e permite que as empresas avaliem de maneira clara e objetiva o candidato.

As companhias procuram profissionais diferenciados. Sabendo disso, Cezar Tegon explica que, seguindo uma tendência dos jovens profissionais e de várias empresas na Europa e nos Estados Unidos, uma nova forma de receber currículos vem ganhando destaque no Brasil: o vídeo currículo, que chegou para otimizar o tempo do candidato e do entrevistador.  “Nele, o candidato fala sobre sua formação, o histórico profissional e projetos de destaques, com duração média de 2 a 3 minutos”, explica o especialista.

Brasileiros compensam baixa qualificação com motivação

 Para o presidente da ABRH-SP, embora seja fato que a força de trabalho no Brasil tem baixa qualificação, é fato, também, que o brasileiro é reconhecido internacionalmente por seu engajamento e disposição para o trabalho, o que termina, em certo sentido, funcionando como uma compensação para a deficiência de formação. Mas Brunini acredita que investir em educação, preservação essa característica essencial do brasileiro, pode vir a se tornar em um grande diferencial competitivo para o trabalhador do Brasil. Veja no vídeo abaixo mais um trecho da entrevista com Brunini.

Sem Barreiras

A ABRH-SP, juntamente com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho e a Superintendência Regional de Trabalho e Emprego, promovem o projeto “Sem Barreiras”, no próximo dia 10/03, das 9h30 às 13h30 na sede da ABRH-SP, localizada na Av. Eng. Luiz Carlos Berrini, 1297.

O projeto de orientação e sensibilização é direcionado para profissionais de Recursos Humanos interessados na implantação de um programa de inclusão de portadores de deficiência dentro das empresas. Para fazer sua inscrição, envie um email para eventos@abrhsp.org.br.

Sem Barreiras

No dia 9 de dezembro, das 9h30 às 13h30, acontece na sede da ABRH-SP a última edição do curso Sem Barreiras. O evento é uma iniciativa da prefeitura de São Paulo, por meio da secretaria municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida e é direcionado aos profissionais de recursos humanos de organizações interessadas na implantação de programas de inclusão de pessoas com deficiência.

A programação inclui palestras sobre adequações físicas necessárias, recursos tecnológicos disponíveis no mercado, informações legislativas e dicas para facilitar a integração do deficiente ao ambiente de trabalho e à equipe. O curso é gratuito.

Informações e Inscrições: (11) 5505-0545 ou eventos@abrhsp.org.br

Seccionais elegem novas diretorias

Seccionais elegem novas diretorias

Desde o mês de novembro, as Seccionais da Associação Brasileira de Recursos Humanos vêm realizando as eleições da nova diretoria para o triênio 2010-2012. Confira os presidentes e vice-presidentes já eleitos:

ABRH-RJ

Presidente da Diretoria Executiva:
Fabio Santos Ribeiro
Vice-Presidente da Diretoria Executiva:
Paulo Sardinha
Presidente do Conselho Deliberativo:
João Ricardo S. Cavalcanti
Vice-Presidente do Conselho Deliberativo:
Ana Silvia Corso Matte

 

ABRH-MG

Presidente da Diretoria Executiva:
Cristiane de Ávila Fernandes
Vice-Presidente da Diretoria Executiva:

Clarice Andrade e Denise Aparecida de Oliveira Dumont

Presidente do Conselho Deliberativo:

Osvino Pinto de Souza Filho

Vice-Presidente do Conselho Deliberativo:

Silvana Arrivabeni Rizzioli

ABRH-PE

Presidente da Diretoria Executiva:
Cibelli Pinheiro
Vice-Presidente da Diretoria Executiva:
Sandra Camelo
Presidente do Conselho Deliberativo:
Tereza Nunes
Vice-Presidente do Conselho Deliberativo:
Ricardo Nicéias

ABRH-SP

Presidente da Diretoria Executiva:
Wagner Brunini
Vice-Presidente da Diretoria Executiva:
Almiro dos Reis Neto

(Conselho Deliberativo ainda será votado em dezembro.)

ABRH-PA

Presidente da Diretoria Executiva:
Cármen Célia Vinhas Mateus
Vice-Presidente da Diretoria Executiva:
Heraldo Conde
Presidente do Conselho Deliberativo:
Marcelo Magalhães
Vice-Presidente do Conselho Deliberativo:
Liana Nascimento

ABRH-RS

Presidente da Diretoria Executiva:
Pedro Luiz Fagherazzi
Vice-Presidente da Diretoria Executiva:
Orian Kubaski

ABRH-SE

Presidente da Diretoria Executiva:
Igor Coelho Nunes

Presidente do Conselho Deliberativo:

Noemia Lucas

ABRH-AM

Presidente da Diretoria Executiva:
Elaine Yaskara de Melo Jinkings
Vice-Presidente da Diretoria Executiva:
Vania Regina Vial Góes
Presidente do Conselho Deliberativo:
Maurício Elísio Martins Loureiro
Vice-Presidente do Conselho Deliberativo:
Elane Medeiros da Silva

ABRH-DF

Presidente da Diretoria Executiva:
Hélio Antônio Pereira de Vasconcelos
Vice-Presidente da Diretoria Executiva:
Bruno Goytisolo
Presidente do Conselho Deliberativo:
Manoel Mendes de Oliveira
Vice-Presidente do Conselho Deliberativo:
Lívio Pizutti

Estágio: o melhor tipo de começo

O estágio é, tanto para os profissionais, quanto para as empresas, a melhor oportunidade de um bom começo. Segundo Francisco Arcanjo Martins, Gerente de Feiras do CIEE, empresa que apoiou o RH na Praça em São Paulo, o estágio permite que as empresas integrem com muito mais eficiência os jovens talentos, pois tanto os jovens quanto as empresas têm tempo para estabelecer relações sólidas. Veja no vídeo abaixo um trecho da entrevista com Martins.