Informativo da ABRH-Nacional no Estadão 30/08/2012

Informativo da ABRH-Nacional no Estadão 22/03/2012Perdeu o Estadão desta quinta-feira? Não se preocupe. Aqui está a versão digital do Informativo da ABRH-Nacional com uma matéria a respeito sobre o novo curso de Desenvolvimento de Líderes de RH, resultado da união da ABRH-Nacional, Great Place to Work e Ânima Educação. Além disso, destaque para os ganhadores do Prêmio Ser Humano na modalidade Gestão de Pessoas, categoria Empresa. Confira aqui.

“Por que alguém desejaria trabalhar na sua empresa?”

Por Jessica Marins

Este foi o tema da palestra da professora da PUC-MG e Consultora Betânia Tanure e do CEO mundial do Great Place to Work José Tolovi Jr. Uma pergunta que pode te fazer pensar sobre o que você está fazendo de certo e errado para atrair novos talentos.

José Tolovi marcou a apresentação dizendo que se todos os colaboradores estiverem em sintonia com a empresa e que se a empresa foi hiper transparente, a diferença na forma de gestão que temos no Brasil para os demais países poderá diminuir. “O colaborador brasileiro tem medo de dizer não ao seu superior, medo esse que não deveria existir”, disse Tolovi.

Betânia Tanure abriu o seu discurso com uma dica. “Uma empresa boa para se trabalhar é aquela em que se confia na gestão, onde pessoas são tratadas como pessoas e não como recursos”, explicou Betânia.

Ela falou também sobre a importância da transparência na hora do processo seletivo, disse que mesmo que demore um pouco mais do que o comum para uma contratação o ideal é mostrar ao inscrito no processo o lado sol e o lado sombra de sua empresa. Além disso, expôs alguns conceitos desestabilizadores como o teatro organizacional nas empresas, onde a confiança é inexistente entre os colaboradores, o zigue zague que as empresas fazem e deixam os funcionários caminhar por áreas desordenadamente e o paradoxo entre o limite do individuo contra o limite da organização.

A professora também falou sobre o quanto é relevante que o funcionário saiba claramente qual é a maneira de gestão de forma sincera sendo ela boa ou ruim e cabe ao funcionário entender e ouvir com sinceridade.

Para finalizar a palestra, a consultora fez todos os espectadores pensarem em sua forma de gestão, onde existe os gestores (agri) e os líderes (doces) aconselhando que o ideal para uma boa administração é ser agridoce, pois o agri é aquele que fala não quando preciso, demite, toma decisões sem se sentir culpado ou mal por isso, enquanto o líder é o doce que procura uma maneira menos agressiva de trabalhar e tem alguns medos, por isso ela sugere o equilíbrio na hora da gestão onde você será um dirigente.

Além disso, outra maneira adequada e superior de gestão é Estadista, onde o gestor consegue olhar em outra dimensão, ele observa o sucesso do individuo, da organização e da sociedade. “O segredo para que as pessoas queiram trabalhar na sua empresa é que você como gestor torne o ambiente de trabalho dela agradável, assim os colaboradores irão querer bem a empresa”, finalizou Betânia Tanure.

Fotos: Eduardo Ramalho

ABRH-Nacional e Great Place to Work fecham parceria para criação de pós-graduação em Gestão de Pessoas

Após o último painel de discussões do CONARH 2011, a presidente Leyla Nascimento subiu ao palco do evento para efetivar a assinatura do contrato de parceria entre a ABRH Nacional e a Great Place to Work (GPTW) para criação de um programa de pós-graduação em gestão de pessoas. As instituições contarão também com o apoio do Centro Universitário Una, de Minas Gerais, que oferecerá o curso em seu portfólio de especializações.

É a primeira vez que a GPTW se une a outras instituições no mundo com este objetivo. A ideia é utilizar os conceitos e práticas adotados pelas organizações que integram o ranking Melhores Empresas Para Trabalhar para formar profissionais altamente competentes na área de Recursos Humanos.

De acordo com Robert Levering, presidente da GPTW, o curso formará gestores que, mais tarde, vão transferir o aprendizado adquirido durante os estudos e ajudar a transformar o ambiente corporativo de seus liderados. “É um passo importante para formar líderes que fundarão ótimos lugares para trabalhar no futuro”, afirma.

2ª Edição Melhores Empresas para se Trabalhar-RJ

No dia 11 de março aconteceu o coquetel de apresentação da 2ª Edição Melhores Empresas para se Trabalhar – Rio de Janeiro, uma parceria do Great Place to Work Institute e a ABRH-RJ, que contou com o apoio do jornal O Globo. O evento aconteceu no auditório da Firjan, na cidade do Rio de Janeiro.

O Great Place to Work Institute seleciona, com sua metodologia reconhecida internacionalmente, as empresas que se destacam na área de Gestão de Pessoas. Essa metodologia é uma excelente oportunidade para as empresas avaliarem o nível de satisfação de seus funcionários e conhecerem de maneira profunda e sólida as características de seu ambiente de trabalho.