Informativo da ABRH-Nacional no Estadão 06/09/2012

Informativo da ABRH-Nacional no Estadão 22/03/2012Perdeu o Estadão desta quinta-feira? Não se preocupe. Aqui está a versão digital do Informativo da ABRH-Nacional com a divulgação da ação ABRH na Praça, que acontece em doze cidades brasileiras com o apoio das seccionais. Além disso, destaque para os ganhadores do Prêmio Ser Humano na modalidade Gestão de Pessoas, categoria Profissional. Confira aqui.

Anúncios

Informativo da ABRH-Nacional no Estadão 30/08/2012

Informativo da ABRH-Nacional no Estadão 22/03/2012Perdeu o Estadão desta quinta-feira? Não se preocupe. Aqui está a versão digital do Informativo da ABRH-Nacional com uma matéria a respeito sobre o novo curso de Desenvolvimento de Líderes de RH, resultado da união da ABRH-Nacional, Great Place to Work e Ânima Educação. Além disso, destaque para os ganhadores do Prêmio Ser Humano na modalidade Gestão de Pessoas, categoria Empresa. Confira aqui.

CONARH 2012 em números

O CONARH 2012 foi um sucesso. Quem participou do evento pôde perceber isso tanto na Feira de Negócios, por onde passaram 20 mil pessoas que lotaram os 123 estandes das empresas presentes, como nas 154 palestras, onde era difícil encontrar uma cadeira vazia. Foram mais de 3.300 participantes do Congresso.

Na Feira de Negócios, agitação e animação envolveram os presentes. Uma grande diversidade de produtos e serviços para o segmento de Recursos Humanos foi oferecida por empresas que capricharam na decoração, tecnologia e disposição dos estandes, sempre lotados. Personalidades como o ator Reynaldo Gianecchini e o ex-jogador Raí passaram pelos corredores do CONARH e causaram alvoroço, enquanto jogos interativos também entretinham o público.

Além dos quatro auditórios do congresso, quem visitou gratuitamente a Feira de Negócios teve acesso ao Cine ABRH, dois auditórios livres, dois grandes estandes da ABRH-Nacional (Espaço ABRH e Espaço Carreira) com discussões e palestras. Tudo isso complementado por  áreas de convivência distribuídas pelo pavilhão, que propiciavam mais comodidade e  conforto aos visitantes que quisessem fazer uma pausa.

A ABRH-Nacional agradece a todos os profissionais presentes (congressistas, visitantes, voluntários, organizadores, palestrantes, patrocinadores, expositores e profissionais da imprensa) por fazerem parte deste sucesso. E já fica aberto o convite para o CONARH 2013, que acontecerá entre os dias 19 e 22 de agosto.

Balanço do CONARH 2012:
20 mil visitantes
3.300 participantes do congresso
170 palestrantes
154 palestras
34 patrocinadores
123 expositores
2.600 profissionais envolvidos na realização do evento
Mais de 100 voluntários envolvidos na organização
A maior tela de projeção indoor para eventos corporativos do Brasil
Mais de 38 horas de evento

CONARH 2012 – A Força da Estratégia e da Liderança

Por Evelyn Carvalho

A manhã do último dia do CONARH 2012 contou uma palestra magna do Secretário de Estado de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame. Durante a apresentação, que teve como tema “A Força da Estratégia e da Liderança”, o secretário abordou a sua experiência e a sua visão sobre a gestão pública.

A trajetória profissional de Beltrame teve início há 30 anos na Polícia Federal, onde atuou como agente e delegado. Em 2007, após o convite do governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, assumiu a pasta de Segurança. “Pensei: ‘se eu vim até aqui eu vou tentar ser gestor disso’. Eu não poderia perder esta oportunidade”.

Conquistar a credibilidade da população e obter resultados que pudessem ser percebidos pelas pessoas foram dois de seus primeiros objetivos quando assumiu a secretaria. “O serviço público precisa de resultados com transparência”, declarou. Como um gestor, o secretário mantinha ainda a atenção com a sua postura, na medida em que suas ações impactavam na imagem que a sociedade tinha da corporação.

Beltrame destacou a importância do investimento na formação dos policiais, que estão na ponta do processo. Mais do que isso: afirmou que é fundamental entender o contexto social e familiar dos profissionais para engajá-los em seus projetos. “É preciso fazer um esforço, até mesmo físico, para mostrar a todos da corporação as suas ideias. Eles podem não concordar, mas vão me entender e ver que o meu coração bate como os deles”.

A habilidade para buscar as pessoas certas para dar início aos projetos também foi lembrada pelo secretário. Foi assim que ele se preparou para dar início ao projeto das UPPs – Unidades de Polícia Pacificadora, que mudaram o cenário de violência no Rio de Janeiro. “Nós fomos onde o Estado nunca tinha ido. Levamos a polícia, mas os serviços públicos têm que vir junto”.

Quando perguntado sobre a preocupação com os grandes eventos que serão sediados no Rio de Janeiro, o secretário declarou que, mais importante do que garantir a segurança durante a Copa do Mundo ou as Olimpíadas, é necessário se preocupar com quem vive na cidade. Um plano consistente de segurança, segundo ele, seria um dos legados mais importantes que esses eventos podem deixar para a população.

Para dar conta de todos esses desafios, Beltrame não abriu mão do otimismo. “Ser pessimista é muito mais fácil do que ser otimista. O pessimista se acomoda com a situação, enquanto o otimista fica se cobrando 25 horas por dia por uma solução”.

O secretário defendeu a utilização de uma política transparente de resultados na esfera pública. Afirmou que, tanto para preparar um sucessor quanto para incorporar profissionais na equipe, a melhor maneira é estruturar as ações em um projeto mais amplo e claro para todos. “Um pessoa que chegar hoje à secretaria, em qualquer área, encontrará um projeto. Basta ela ser otimista e acreditar neste projeto para que ela possa fazer a difereça”.

Fotos: Ana Fuccia

CONARH 2012 – Alegria, Paixão e Engajamento – Uma Construção Coletiva

Por Evelyn Carvalho

O encerramento do CONARH 2012 foi em clima de apoteose. A última palestra magna do evento foi ministrada pelo carnavalesco da Unidos da Tijuca, Paulo Barros, campeão por duas vezes do carnaval carioca. O tema foi “Alegria, Paixão e Engajamento – Uma Construção Coletiva”.

Barros deixou sua marca de ousadia no já tão consagrado desfile de escolas de samba do Rio de Janeiro. “Acho que o bacana é esquecermos a ideia de começo, meio e fim. É preciso desconstruir para construir algo novo”.

Para mudar paradigmas da festa, Barros teve que contar com o apoio de toda a equipe, em um exercício contínuo de diálogo e liderança. Ressaltou por diversas vezes a importância do trabalho em conjunto e da responsabilidade do líder em buscar o engajamento das pessoas. “Desfilar não é só colocar uma fantasia bonita e ir para a avenida. O Carnaval é uma engrenagem, e todos têm que se comprometer e executar o seu papel”.

A palestra foi repleta de exemplos de como a união em torno de uma ideia foi fundamental para sua materialização. Os carros alegóricos coreografados e as comissões de frente com truques de mágica foram alguns desses exemplos. Para ilustrar a ideia de que por vezes é preciso “perder a cabeça”, Barros trouxe para o CONARH o membro de uma de suas comissões de frente mais célebres, do Carnaval de 2011 da Unidos da Tijuca. Ao ver a cabeça do rapaz deslizar até o meio do corpo, os participantes do CONARH não esconderam o susto, mas optaram por não saber como a ilusão é feita para não perderem o encanto.

Confiança, percepção sobre o outro, interferência nos conceitos pré-estabelecidos, comprometimento, materialização e enxergar além foram alguns dos temas-chave abordados na apresentação. “Ás vezes temos que mudar conceitos para que isso viabilize o nosso trabalho e o nosso sucesso”, declarou o carnavalesco. Como conclusão, deixou uma mensagem de otimismo e valorização das pessoas. “Toda a nossa vida está pauta em quem está do nosso lado”.

Fotos: Renato Ramalho

Presidente da SHRM vem ao CONARH para inspirar mudanças nas empresas brasileiras

Por Rafael Duarte

Hank Jackson veio ao Brasil com dois propósitos: 1) aprender como são as leis trabalhistas e as características de nossos funcionários e 2) passar aos nossos gestores a experiência que tem à frente da SHRM (Society for Human Resource Management). Ele mesmo disse, em sua palestra no CONAHR 2012, ter realizado o primeiro desafio com a ajuda da Leyla Nascimento, presidente da ABRH-Nacional, Elaine Saad, vice-presidente da ABRH-Nacional e o Luis Edmundo, Diretor de Educação da associação.

É evidente que uma organização como a SHRM só teria a agregar em um evento nacional de gestão de pessoas. Hank focou, em sua palestra, em um ponto muito importante e extremamente delicado para qualquer companhia: mudanças. “As tecnologias da comunicação nunca evoluíram tanto quanto nos últimos tempos. Isso muda o jeito como nós vivemos e trabalhamos”, justificou Hank. Não dá mais para ficar parado com tantas coisas acontecendo e mudando a maneira como trabalhamos e alterando direcionamentos de negócios de maneira tão radical.

Segundo Hank, “O local de trabalho do futuro irá precisar do RH do futuro, da criatividade para a mudança”. Mudança é uma atitude que deve ter o apoio do gestor de pessoas e das lideranças da empresa. É um processo de desapego muito difícil, alterar a maneira como as pessoas trabalham em sua empresa e como os líderes vêem estas mudanças. “Se nós estamos imaginando o local de trabalho do futuro, a ABRH-Nacional é quem vai te ajudar”.

A ABRH-Nacional e a SHRM funcionam como norte, para que você acompanhe as tendências, informe-se sobre o que está sendo feito e quais os bons resultados estas mudanças estão gerando. Como o próprio Hank disse, “se você não sabe para onde vai, você acabará em outro lugar”. É para isso que estamos no CONARH 2012, não é mesmo? Para buscar uma orientação e levar novidades às nossas empresas. E o Hank, em sua palestra, conseguiu realizar o seu segundo objetivo, o de motivar os RHs brasileiros a compartilhar de sua experiência e entender a importância das mudanças.

Fotos: Mara Marsal

Assessoria de imprensa oficial do CONARH 2012

O CONARH 2012 está chegando  e nós queremos que jornalistas e empresas e expositores que participarão do evento estejam completamente alinhados com a nossa assessoria de imprensa oficial, a XComunicação. Portanto, caso haja alguma dúvida em relação aos assuntos relacionados à imprensa, entre em contato pelo conarh2012@xcomunicacao.com.br